quinta-feira, 4 de maio de 2017

QUANTAS REFORMAS SÃO NECESSÁRIAS?

Este texto pode ser copiado parcial ou integralmente desde que citada a sua fonte e autoria.

A reforma de Temer ou de outro governante têm que sair, de qualquer jeito! Mas, em paralelo, muitas ações precisam ser executadas entre elas: 


1) a execução das dívidas das empresas; 

2) venda de empresas públicas concessionárias; 

3) abertura de concorrência nos setores oligárquicos e monopolizados como combustíveis e correios etc.; 

4) Fim de benefícios sociais acima do teto pago pelo INSS (atuais R$ 5.531,31); 

Curta Desvendar o Direito no facebook.

5) Implementar um Programa de Exploração de recursos naturais como o Nióbio (com 2% das reservas conhecidas no mundo é responsável pela excelência da educação e saúde públicas no Canadá, Silvinita (Potássio), o que nos permitiria a autossuficiência e exportação de fertilizantes; 

6) Liberalismo econômico. O povo brasileiro é considerado como empreendedor nato. Todos os vendedores ambulantes, camelôs e outros de pequenos negócios devem pagar o mínimo da previdência mensal e taxas como Alvará. Muito melhor arrecadar R$ 30,00 de 44,2 Milhões de pequenos empreendedores, do que manter preços altos e permanecer na informalidade (dados de 2012). Causando perdas severas a toda a população pois, não arrecadam impostos, mas usam serviços públicos como educação e saúde, além de transporte público. Só essa arrecadação em número desatualizado de população nos possibilitaria R$ 1,3 Bilhões, só praticando a cidadania (direitos e deveres iguais). Atualmente com um orçamento de R$ 3 Trilhões anuais, é como se cada cidadão brasileiro recebesse um carnê de 12 parcelas de R$ 1.190,48 de impostos a pagar, isso se, todos sem exceção pagassem! 

Sem reformas e atitudes drásticas, como resolver então? 


Autor do texto:
Márcio José Ayres Pereira
Bacharel em Ciência Contábeis e 
Especialista em Finanças

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...