sábado, 28 de maio de 2016

DILMA VETOU ABATIMENTO DO IMPOSTO DE RENDA DOS PROFESSORES




Professores pagariam menos imposto de renda, se não fosse o veto de Dilma. 

Esse fato não foi divulgado pela mídia, talvez isso explique porque existe tanto professores de história defendendo a Presidente Dilma.

 Curta Desvendar o Direito no facebook

O fato é que no ano passado tramitou pelo congresso a Medida Provisória n. 670, de 2015. Essa medida provisória tratava da atualização da tabela do imposto de renda (clique aqui para ler a MP).

A medida provisória passou no Congresso Nacional com algumas modificações. O texto aprovado pelo Legislativo  incluía uma alteração na Lei n. 9.250/95, que trata do imposto sobre a renda das pessoas físicas. Com essa alteração, os professores poderiam abater no cálculo de seus impostos de renda o valor de até R$ 3.561,50, referente a gastos com livros próprios e de seus dependentes. 

Mas antes de sancionar a conversão da medida provisória na Lei n. 13.149/2015, a então presidente em exercício, Dilma Rousseff, vetou o abatimento.

Na mensagem de veto enviada ao Senado, que você pode ler clicando aqui, Dilma justifica que decidiu vetar porque o abatimento contraria interesse público.

Inacreditavelmente foi essa a justificativa!

Dessa forma, apesar das frases bonitas criadas pelos marqueteiros a respeito da educação, as ações do governo Dilma foram em sentido oposto e os professores, além de mal remunerados, não ganharam o direito de abater do imposto de renda o valor gasto com livro.



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...